COMBATE MILITAR


COMBATENTES

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

COMO MODIFICAR UMA SOCIEDADE

  
A subversão, normalmente, é usada para se implantar a socialização em um país,
destruindo a religião, enfraquecendo a família, o Poder Judiciário, 
as Forças Armadas e as Polícias Militares.
Aos poucos, a mídia se vende, para receber bilhões de reais, vindos  da propaganda política do governo e várias "Ongs" são criadas, para se tirar da população, a iniciativa de resolver os seus próprios problemas. O objetivo é subverter qualquer coisa de valor no país, até o ponto em que as pessoas não tenham mais a percepção da realidade de acontecimento de coisas, invertendo os valores sociais. 

Os conceitos religiosos e a tradição familiar começam a ser interpretados como algo nocivo que precise ser modificado e/ou substituído. Alguns projetos de leis são criados (PL122, PL1780/11...), entre outros.
 A ideia de se ter uma sociedade comunista no Brasil é apresentada à população como algo inovador, benéfico e justo.
   Dentro de uma sociedade democrática, há vários movimentos de classes, contrários a essa sociedade, por motivos variados. Nesse momento, surge um pequeno grupo de políticos profissionais, com uma mesma ideologia,  aguardando os movimentos sociais tomarem uma mesma direção. Após isso, esse grupo político e ideológico adere ao movimento.
Já fazendo parte do movimento social, passam a estimular a ridicularização do dogma religioso, aceito, naquela nação e depois fomentam a substituição dele, por outra religião (PL1780/11). Isso tem de ser feito aos poucos, através da distração das pessoas da fé real, usando a Teologia da Libertação. 
Na educação passam a instruir a geração que está se formando, com cartilhas ( Decreto 7037/09) que trazem conceitos contrários à formação da família, conforme os moldes tradicionais, aceitos.
   A mídia, para não perder o dinheiro vindo da publicidade governamental fica omissa, perante os acontecimentos e começa a difundir a ideologia do pequeno grupo político, através de novelas, músicas, filmes e tele jornais, fomentando o ódio e a desconfiança da população,  contra as instituições que a protegem, principalmente a polícia, criando, uma inversão de valores, onde um criminoso não é bem um criminoso, ou seja, é vítima da sociedade. 
Os grupos de ativistas, as "Ongs", as pessoas de influência no meio social, os intelectuais, entre outros, passam a  promover a radicalização das relações humanas,

dificultando o acordo entre as partes, abrindo caminho para a luta entre os grupos, criando um ódio social, até então, inexistente.
A sociedade fica cada vez mais, antagônica, entre indivíduos, grupos de pessoas e a sociedade como um todo.
A violência e a impunidade aumentam. Campanhas para o desarmamento surgem e atingem a população ordeira, ao contrário, dos criminosos, que a cada dia, adquirem armas mais poderosas.
  Mais leis são criadas (8069/90 e 2654/03) e transformam toda uma geração,  tendo como consequência, o aumento do número de criminosos, que no futuro poderão ser utilizados como massa revolucionária.
Para que isso possa acontecer, a ação policial é dificultada, colocada em dúvida, propositadamente e  o caos começa a se estabelecer.
Logo, os defensores de plantão, dos direitos humanos, usam o momento para se promoverem, defendendo o criminoso e tratando com indiferença as vítimas dele.
A mídia, em conformidade com o pequeno grupo político, inicia uma petição, em nome da população, para se apresentar um governo mais forte, que possa combater, com mais rigor, as mazelas sociais criadas, pelo grupo de políticos profissionais e seus "Companheiros de Viagem".
  O pequeno grupo de políticos profissionais apresenta um nome, normalmente, desconhecido do grande público como a única alternativa viável para se estabilizar o país.
A imprensa comprada, rapidamente, aprova este "Salvador", em nome do povo, ou melhor, como aceito pelo povo.
   O novo governo é imposto.
   Agora, aqueles grupos, os "Companheiros de Viagem", que ajudaram a desestabilizar a nação, já não são mais necessários e são logo presos, exilados ou mortos. 
  O novo governo impõe a normalidade ao país, depois de muitas revoltas armadas.

  
O novo "líder" monopoliza o poder e cria um único partido.


A sociedade "pacificada" passa a ter uma nova vida, com restrição de liberdade, intolerância religiosa e  censura da informação.

Esta receita foi usada, para impor o comunismo, nos países socialistas.


13 comentários:

  1. Isso já está acontecendo no Brasil

    ResponderExcluir
  2. Estamos no neste rumo. E é assim que será, sempre lembranod que tudo isso faz parte de um plano maior, global, que é a agenda iluminati em ação. A nova ordem mundial não pretende deixar ninguém de fora, e aqui no Brasil o desenrolar dos acontecimentos vai a contento, para eles, é claro.

    ResponderExcluir
  3. E vem aí, mais uma campanha pelo desarmamento. Eles não irão desistir. Mas estamos atentos. Não às mazelas do executivo, legislativo, judiciário, criminosos e mal intencionados.
    Parabéns pela matéria.

    ResponderExcluir
  4. TREMENDO, ADOREI A MATÉRIA... PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  5. Como pode um governo que quer aprovar o PNDH-3 e entrega de graça mais de UM BILHÃO DE REAIS à Cuba que tem presos políticos e vive numa DITADURA COMUNISTA há décadas?
    Com a palavra a Srª DILMA
    Como pode uma IMPRENSA que se diz defensora da democacia e dos interesses do povo brasileira se referir ao Fidel Castro como EX DIRIGENTE E Sr Raul Castro DIRIGENTE de Cuba, sendo estes responsáveis por mais de CEM MIL EXECUÇÕES FÍSICAS, ASSASSINATOS DE OPOSITORES AO SEU REGIME DITADORIAL?
    Com a palavra a IMPRENSA MALDITA E COMPRADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No PNDH-3, que está em PDF no Google, para quem quiser baixá-lo e comprovar, aquilo que postamos, defende a descriminalização do aborto, que hoje há uma corrente forte no governo, para legalizá-lo, quando da reforma do Código Penal. Questão de tempo, para os céticos acordarem para a "Nova Ordem" que se aproxima, porque, depois de instalada não adianta chorar.

      Excluir
  6. CARA, EU BAIXEI ESTE PNDH-3 E FIQUEI HORRORIZADO COM O SEU CONTEÚDO. AGORA ESTA IMPRESTÁVEL IMPRENSA NADA FALA DISSO, NÉ? OS COFRES ESTÃO ABARROTADOS DE DINHEIRO!

    ResponderExcluir
  7. O aumento da carga tributária, conscentrando o dinheiro nas mãos do governo; as eleições com todos os candidatos possuindo uma única linha ideológia, como foi os candidatos a presidente, na eleição de 2010, no Brasil; as mesmas notícias divulgadas pela imprensa, em todos os jornais, vários veículos de imprensa com uma única informação, prova que o país não está longe de se tornar a primeira república socialista da América Latina.

    ResponderExcluir
  8. Gosto de matérias que envolvem aquilo que nos é negado. A mídia não ajuda a população como deveria, pois, na maioria das vezes é "comprada" nos passando mentiras ao invés da verdade.
    O Brasil, é belo por si só, com riquezas que não existem noutras partes do mundo. Pena que, sua população não entende e não dá valor ao que tem.
    Por este e outros motivos, já há algum tempo formei, junto com outros compatriotas, um grupo determinado a findar com a hipocrisia que é nos passada. Hoje, esboçamos o anteprojeto de uma Carta Magna, a qual acreditamos valorizar mais o povo brasileiro e sua cultura, tendenciando a ser muito mais do que a que existe hoje.

    Anderson R.
    anderson.2005@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Para complementar...

    Quem tiver interessado em colaborar, não com dinheiro, mas sim com ideias e sugestões, sempre estaremos prontos a ouvi-lo.
    Afinal, estamos aqui para ajudar e sermos ajudados.

    Para saber mais, entre em contato, anderson.2005@yahoo.com.br.
    Ainda não temos um domínio fixo, por isso, passamos apenas os e-mails dos nossos membros.

    Anderson R.

    ResponderExcluir
  10. O SOCIALISMO É DIVIDIDO EM TRÊS VERTENTES:
    1- O SOCIALISMO FABIANO (INTELECTUAL E COM DINHEIRO)
    2- O SOCIALISMO MARXISTA (VIOLENTO, ASSASSINO E SEM DINHEIRO)
    3- O SOCIALISMO NAZISTA (VIOLENTO, ASSASSINO E SEM DINHEIRO)
    O SOCIALISMO FABIANO FINANCIOU A GUERRA ENTRE NAZISMO E COMUNISMO, PELO QUE SOBROU O COMUNISMO. ENTÃO, O COMUNISMO VIROU TESTA DE FERRO DO SOCIALISMO FABIANO.
    TRADUZINDO: SOCIALISMO FABIANO (EUA, INGLATERRA E EUROPA OCIDENTAL) PATROCINANDO O COMUNISMO (CHINA, CORÉIA DO NORTE, {RUSSIA - mudaram os mosquitos, o sistema continua o mesmo} E NO BRASIL)
    Dimitri Siniavski, Professor.

    ResponderExcluir
  11. Glauco, o seu blog está muito bom. Pena, que este blog é dos poucos, que passem um ponto de vista, diferente, daquilo que é ensinado nas faculdades, infelizmente.
    O comunismo é perverso e matou 100 milhões de pessoas. No Brasil, os militantes dos partidos de esquerda (PT, PSDB, PSB, PSOL, PC do B, etc) gostam de ser chamados de socialistas, para dissimularem a simpatia que eles nutrem por essa ideologia assassina (comunismo). Também, odeiam, quando são comparados aos nazistas, seus "primos" na ideologia. O Brasil não é um país sério, pois, deveria tratar como criminoso quem faz apologia ao comunismo, tal qual, fazem com os nazistas brasileiros. Comunismo e nazismo nasceram do socialismo. O que o socialismo fez mundo afora? GENOCÍDIO.

    Antônio, professor universitário do Estado de São Paulo.

    ResponderExcluir
  12. Mas essa modificação ,só é possível com a aceitação das pessoas , a publicidade incentiva o consumo exagerado,vejo pessoas comprando algo sem necessidade , por outro lado ,prega-se a sustentabilidade.Em geral o povo aceita as coisa muito fácil, isso é um facilitador pra quem quer mater o dominio, e as vezes percebo que as pessoas estão perdidas , direcionadas a causas sem fundamento, mas será que não seria interessante pensar nas atitudes que tomamos negar o que estão impondo?

    ResponderExcluir

*********************************A T E N Ç Ã O*********************************
TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DE SEUS IDEALIZADORES E NÃO EXPRESSAM A OPINIÃO DESTE BLOG. SERÃO ACEITOS, DESDE, QUE NÃO FAÇAM APOLOGIA AO COMUNISMO, NAZISMO, CRIMES, DROGAS, SEXO, VIOLÊNCIA, BEM COMO, NÃO POSSUAM PALAVRAS OBSCENAS E/OU NÃO FOMENTEM PRECONCEITOS DE RAÇA, COR, RELIGIÃO, ENTRE OUTROS.